Guia da massa fresca: aprenda a preparar e desfrute o melhor da culinária italiana

A massa está entre os pratos favoritos dos brasileiros – e para quem gosta deste clássico italiano, nada melhor do que investir na versão fresca preparada em casa. Gostosa e muito mais prática do que você imagina, ela pode render pratos ainda mais especiais e momentos relaxantes na cozinha. O blog te ensina.

“Não há nada como produzir sua própria massa. Além de ser livre de conservantes e sabermos exatamente o que está ali – o que nem sempre acontece com os produtos industrializados – nós também temos um produto mais fresco e saboroso, e conseguimos transformar isso em algo coletivo e gostoso, envolvendo toda a família ou o parceiro”, conta o chef Gustavo Veras.

OS INGREDIENTES

Foto: Africa Studio/Shutterstock

A massa fresca leva poucos ingredientes, então é muito importante garantir que todos eles sejam de boa qualidade. “Ela é muito mais simples do que parece e é feita apenas com ovos, semolina – um ingrediente opcional que ajuda a deixar a textura mais bacana e al dente – e farinha de trigo. O truque é usar um ovo para cada 100 gramas de farinha. Se for usar semolina, 50 g serão dela e 50 g da farinha de trigo. É essencial usar a farinha do tipo 1, que é a mais pura e fina, porque isso vai te dar um resultado melhor”, indica.

PREPARANDO A MASSA

Foto: Ana Prego/Shutterstock

O primeiro passo para preparar a sua massa é separar os ingredientes e encontrar uma superfície plana e limpa para fazer a mistura – cobrindo o local com um pouco de farinha. “Você vai amontoar as farinhas e abrir um espaço no meio para acrescentar os ovos, como se fosse um vulcão. Depois é só ir incorporando estes ingredientes, sovando até que ela fique bem homogênea. Esse é um processo bem gostoso e que deve ser feito com calma. É importante deixar essa massa descansar por cerca de 20 minutos antes de abrir”, ensina.

Abrir a massa nas mãos utilizando o rolo pode ser um trabalho que exige paciência, então o mais recomendado é que você tenha o cilindro próprio para esta tarefa. “Com o cilindro fica muito mais fácil. Basta colocar por cima, girar e ir esticando o que for saindo na parte de baixo. Se você não tiver muita experiência, pode colocar a massa e pedir para que alguém te ajude pegando o que vai saindo da massa. Muitos cilindros já fazem o corte da massa no formato que você preferir. Caso o seu não faça, é só cortar em seguida com a ajuda da faca”, indica.

MASSA RECHEADA

Foto: fototip/Shutterstock

E que tal inovar um pouco mais e criar raviólis ou outras massas recheadas? “Nesse caso, você vai abrir a massa e rechear com o que preferir, como ricota, tomate seco, espinafre ou uma proteína(deve estar cozida previamente). É bom que esse recheio seja consistente e que você divida bem para que todas as massinhas fiquem iguais. Passe um pouco de ovo nas bordas e venha com a outra massa por cima, dando uma boa apertada para grudar. Depois é só cortar”, instrui o chef.

HORA DO PREPARO!

Foto: Fedorovacz/Shutterstock

Uma outra vantagem da massa fresca é a velocidade de preparo, que pode demorar até metade do tempo do que a versão seca comprada no mercado. “A água deve estar bem salgada para pegar sabor, e a massa deve ser colocada com a água fervendo. O tempo é menor, cerca de dois a três minutos, mas é bom ir provando porque ele pode variar de acordo com a espessura e seu fogão”, completa.

CONSERVANDO A SUA MASSA

Não quer consumir tudo de uma vez só? Não tem problema: “Para guardar você vai precisar fazer o processo de secagem, que é muito simples. Pendure no varal de massa e deixe ali repousando durante uma hora. Depois disso, ela não precisa ser levada à geladeira e pode ser guardada em um pote fechado por três ou quatro semanas”.

A lista de casamento da Fast Shop tem tudo para sua casa, até mesmo modelaroes e varais para massa. Clique aqui e saiba mais.

 

Você tambem pode gostar

0 Comentários

  1. Não há comentários, seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário